Se você faz o visual dos seus posts, esse texto definitivamente é pra você

tony

In profi, VCJ Posted

Deixar seu conteúdo mais rico e chamativo é um desafio a enfrentar todos os dias, certo? Responder à pergunta como criar visual de post no instagram e no facebook fica mais fácil quando nos desapegamos.

Primeiro, do clichê bobo [meia verdade] de que “com tanta gente postando tanta coisa, como fazer a sua voz se destacar na multidão”. Segundo, você precisa se desapegar do que “o outro pensa”, para poder lembrar que:

💡 Ninguém sabe o que você sabe;
💡 Ninguém pode contar o que você sabe do jeito que você conta;
💡 Tem uma vaga de emprego e/ou modelo de negócio que não é o Itaú mas é feito pra você;
💡 Por isso mesmo você pode colocar sua energia em encontrar o melhor modelo para o quanto, de fato, você desejar ser visto, quisto, lembrado.

Importante: zero pressão pra você sair loucamente fazendo cursos e/ou tentando ser validado com algum selo de quaisquer das mídias sociais!

Tudo que vem a seguir é pra você que acredita ser importante para a sua imagem e/ou para o uso do seu tempo, se expressar de alguma forma nas mídias sociais.  E pra entender como ajudar a empresa que você te – ou onde você trabalha – a construir conteúdos mais relevantes. Se você não é da turma do #lookdodia e música bacaninha no story, ou de salvar as imagens das “melhores frases no google imagens” e quer deixar as suas mensagens com um impacto melhor, vem comigo.

Se você gosta, provavelmente tem equilíbrio

Todas as imagens que chamaram a sua atenção recentemente contam com um recurso básico: equilíbrio.

Equilíbrio é, para textos, estabelecer uma hierarquia de informações – títulos sempre em um tamanho, subtítulos noutro, texto com respiro bacana entre linhas e/ou parágrafos.

O exemplo acima é de como esse mesmo texto fica na tela do meu blog.

Para imagens, é escolher um alinhamento que seja [a] visualmente comum ou [b] crie um deslocamento intencional [para reforçar uma segunda mensagem, p.ex.]. Veja na imagem abaixo como pode funcionar.

Como faz?

[1] Em textos, recomendo linhas com múltiplos de 1,3, e títulos pelo menos 20% maiores que a mensagem.

[2] Quando possível, use 2 colunas de texto. Você consegue um equilíbrio básico quando elas possuem o mesmo tamanho, e um equilíbrio chamativo ao usar a proporção 3/1 ou 1/3 [uma das colunas com o dobro da medida da outra].

[3] Em imagens, a regra dos terços é infalível: divida uma imagem com duas linhas horizontais e duas verticais. Os pontos onde elas se encontram são onde nossos olhos concentram a atenção primeiro. Destaque tudo que quiser colocando a informação mais chamativa fora ou próximo deste ponto. Exemplo:

Tornar uma mensagem equilibrada também tem a ver com a capacidade de fazê-la parecer ter um modelo próprio, só seu. E você consegue isso com repetição.

Como criar visual de post para instagram e facebook: dinovo, dinovo, d-i-n-o-v-o

Repetição não é aquela chatice de dizer a mesma coisa com palavras diferentes. Exatamente como faço nessa frase, ao escrever que falar novamente uma coisa está longe de ser uma forma de comunicar uma mensagem igual com termos distintos.

Desenvolva um modelo de mensagem que te agrade, que você sinta que parece com a sua voz.

Parágrafos longos e sem interrupções, texto separado frase a frase… Tanto faz. Nas imagens, pode ir do básico de escolher uma fonte e uma cor pro fundo dos seus posts, até partir pros aplicativos de criação online como Canva e Adobe Spark, fora salvar como rascunho no story do Instagram, e criar um template para cada tipo de mensagem que você diz.

E com um padrão estabelecido, você construiu um sistema de repetição. Toda vez que pintar esse padrãozinho na timeline das pessoas, vão associar a você. Por isso:

💡 Naqueles apps de criação, cuidado ao pegar o primeiro modelo que achar bacana. Se está entre um dos primeiros, provavelmente muita gente gosta dele;

💡 Até mesmo em programas como Google Slides e o PowerPoint dá pra criar um template que seja só seu: basta usar a proporção de arquivo 16:9 para posts no linkedin, e editar o tamanho para 900 x 900 pixels [ou 20 x 20cm] para posts no facebook e no instagram. Cria tudo lá e depois salva como imagem > png.

A segunda forma de repetição mais bacana é uma assinatura. Ela pode ser gráfica [uma cor, um tipo de fonte ou a combinação de ambos], visual [uma marca, um filtro do insta], ou composta [todos aqueles elementos].

Repetir é construir uma habituação. E o efeito do hábito é “criar uma casa na mente” de quem você quer ter como contato de negócios e/ou de interação.

Todos os produtos digitais que você consome utilizam isso e você nem percebe 😉 … E é como música.

Tipo música, só que você faz.

Compor soa [sim, trocadilho] como uma habilidade reservada para pessoas especiais. Nanana: tudo que comunica com eficácia tem composição.

Da loja atraente…

… ao corredor de um supermercado…

… aos posts que você curte nas mídias sociais,

tudo tem composição.

Desperte o Mozart em você assim:

💡Tá começando uma apresentação e a melhor foto que entra nela é quadradinha? Mantenha a apresentação toda com elementos mais quadrados. Se mais arredondada, idem.

💡Organize informações similares por cores, e este grupo de informações em um conjunto de cores harmônicas.

💡Não é politica, mas é político: tudo pra direita, tudo pra esquerda ou tudo no centro, a composição que utiliza repetição consegue prender mais a atenção. Claro que você pode ser mais criativo e dispor um elemento “fora da caixinha”, quando ele precisar de destaque. Mas é o padrão que cria a fixação, a criatividade dá o impacto.

E para olhos e mentes tão saturadas, depois da composição, só um elemento consegue te ajudar a captar a atenção das pessoas: o sentimento de olhar pro céu.

Estrelas são lindas porque existe o espaço.

Respirar, inspirar. Repetir 3x. Espaço na mente.

Frase curta e de mensagem simples.

Quebrada em várias partes.

É um espaço de texto.

Já numa imagem ou post, é dar respiro ao que você deseja comunicar.

Estabelecer um “vão” entre as informações da imagem do seu post te dá 2 vieses:

[1] Pensar em tornar a mensagem mais impactante;

[2] Resumir o seu pensamento e despertar o interesse em ler a explicação do mesmo.

O equilíbrio de uma mensagem tem relação íntima com o espaço que você dá para ela ser vista / lida. A quantidade de objetos numa selfie, ou as cores / tipo de peça que você está vestindo na fotona que vai postar, também são uma outra forma de pensar o espaço de uma publicação.

Logo acima falei de ter um template, certo? Nos seus materiais, para garantir uma repetição eficaz e um alinhamento visual, basta utilizar os recursos de margem do programa que você pegar pra criar teus materiais.

Fazer mais com menos e fazer menos parecer mais é o principal benefício de dar espaço nos visuais que você criar.

BÔNUS: 11 locais para buscar recursos criativos e criar posts para facebook e instagram

Aplicar estas dicas na prática ficará mais simples se você souber onde buscar recursos, certo?Então vem cá:

💡 Ícones: https://www.flaticon.com/home

💡 Imagens: http://unsplash.com/ [você verá muitas das que já estão nos posts das mídias sociais por aqui] e https://visualhunt.com/ [uma pesquisa mais pontual, em bancos de imagens não-tradicionais, de onde tirei algumas das imagens deste texto]

💡 Cores: https://colorhunt.co/ e https://colorwise.io/

💡 Letras / Fontes: https://fonts.google.com e https://www.dafont.com/pt/

💡 Programa de criação para o computador: https://www.gimp.org/ e https://inkscape.org/pt-br/ para artes;

💡 Inspire-se buscando por “post design / instagram design / social media design” em sites como o https://www.tumblr.com/ e o https://br.pinterest.com/.

Agora, soma tudo isso pra transformar no que?

Em conteúdo atraente.

O simples fato de ser seu já torna o conteúdo relevante. A parte da vaidade – muitos likes, número de views, interações reais – é contigo e com seus objetivos pessoais e profissionais.

Dá trabalho, leva tempo, e quem vende atalhos na verdade só tá fazendo dinheiro com a sua inocência.

Design é uma disciplina tão profissional quanto quaisquer outras, mas não quer dizer que você não possa dominar o básico. Esse básico, resumido nas 4 dicas acima, te permitem:

💡 Transformar apresentações cotidianas em mensagens assertivas;

💡 Converter postagens que falam de um assunto em conteúdos que mostram você dominando um tema;

💡 Mudam curriculuns-template-que-baixei-na-internet para “olha que bacana esse daqui”, na pilha de e-mails e ou impressos do RH;

💡 Entender o que pedir e como pedir para um profissional, na hora de comunicar a mensagem da sua empresa / ideia / negócio com sucesso.

Praticando, você encontrará sua voz e seu ritmo, e certamente verá o número de interações com tudo que você comunica, aumentar.

Foi assim que eu comecei, e hoje aplico tudo e mais um pouco que a experiência adquirida me permitiram para poder dizer: tudo que comunica, eu faço.

Obrigado pela leitura e fique a vontade para tirar qualquer dúvida sobre design, aqui ou nas demais redes: https://tonykarlos.com/oi