Como criar uma marca pessoal usando apenas 2 ferramentas do seu computador

O meu sonho quando era [muito] muleque era ser feliz.

Eu já era, só não sabia. No caso, a realidade ao meu redor era agressiva demais para que pensasse naqueles dias como felicidade.

Descobri um tempo depois que estaria feliz em vários dias se fizesse o que gostava. Fazer o que gosto, por aqui, entre várias atividades, é design de marca.

Criar a base de identidades visuais que respondem por produtos e serviços que querem fazer parte da vida das pessoas é algo que me encanta e ocupa boa parte dos meus dias. Já passei dos 200 designs criados, tanto para empresas quanto para pessoas físicas, o que podemos chamar de marcas pessoais.

Por isso mesmo há medo zero de te ensinar aqui a fazer a sua marca pessoal. Vem comigo?

 

Criar marca grátis: você mesmo e 100% grátis.

Você precisa de:

  1. Um computador com acesso à internet;
  2. Um navegador [sugiro o Chrome];
  3. Um programa de apresentações [que tal o Powerpoint? também pode ser o Google Slides =)]

 

Tudo aí? Comece pelo começo: abra os dois programas.

Lá no Chrome, acesse http://fonts.google.com. É um site que tem centenas de opções de letras para você criar o seu logotipo.

Logotipo é quando uma marca é composta somente por letras. Avon, Sony, Google, O Boticário, são exemplos.

 

Depois de acessar, pesquise pela letra que achar bacana, e separe clicando no botão mais, logo acima do nome dela. Peguei como exemplo a fonte de nome Raleway.

Observe que no canto inferior da tela abriu uma aba.

Lá, você clica para abrir, e depois clica em customize, para ver as opções de tipos de peso [mais fina, mais grossa] e selecione as que preferir.

Depois, faça o download clicando ali no botão que é uma seta pra baixo.  Vai baixar um arquivo .zip no seu computador.

Procure a pasta onde você baixou, clique com o botão direito do mouse para descompactar.

Depois, selecione os arquivos do tipo  TTF ou OTF, clique com o botão direito do mouse em cima deles, e clique em instalar.

Volte ao Chrome para escolher uma cor para a sua marca.

Na barra de pesquisa ou na de endereços, digite #f1f1f1.

Aparecerá uma barra colorida, que você pode manusear para escolher a cor que desejar.

Você tem duas opções aqui:

  • Tirar um print da tela [aperte o botão windows do teclado + o botão print screen (PrtScn)];
  • Copiar [anotar, ou salvar num bloco de notas] o código RGB, aquele que aparece ali na 2ª linha do box.

Peguei essa de exemplo. [#5c1058 | RGB 92,16,88].

 

Criar marca grátis usando o powerpoint

Abra o Powerpoint, e crie um novo arquivo. Aqui eu uso a versão mais recente, mas abra a que você tiver.

Crie um novo arquivo, somente com uma tela. Vá no menu Inicio, depois em Layout, e escolha a opção de design “somente título”.

Clique em cima da linha pontilhada da caixa de texto, depois vá ao menu organizar, em seguida em alinhar, e clique em alinhar ao meio.

Na caixa de texto, digite o nome da marca que deseja criar.

Agora, clique novamente na caixa de título, e no menu início, vá até as opções de fonte e tamanho, e escolha a fonte que você instalou.

Fique à vontade para testar ou brincar: tudo em letra minúscula, ou tudo em maiúscula, uma parte em negrito, outra não… É contigo.

Gostou do resultado? Salve o arquivo onde preferir.

Agora vamos colorir a sua marca.

Se você tirou um print da tela, vá ao menu inserir > imagem. Procure pelo print que você fez [no windows, é para estar em imagens > capturas de tela]. Importe a imagem e deixe-a fora da  área do slide, arrastando-a para fora. Clique no início, e clique em cor da fonte. Clique na erramenta conta-gotas, e vá até a imagem que você inseriu, para pegar a cor desejada.

Se você anotou o código RGB, o caminho é: clique em cor da fonte, depois em mais cores.

 

Agora, clique na aba personalizado. Terão 3 caixinhas com números. Respectivamente, digite cada número na mesma ordem que copiou. Clica em ok.

Prontinho! Sua marca grátis tá pré-pronta.

Se você quiser “brincar” mais um pouco no estilo dela, você também consegue deixar as letras mais juntinhas ou mais espaçadas. Selecione todo o texto, clique com o botão direito do mouse e  vá ao menu fonte.

Clique  na aba espaçamento entre caracteres, e escolha se quer deixar expandido [mais espaçadas] ou condensada [mais juntinhas]. Selecione o nível de espaçamento, clique em OK.

 

Pronto! Você criou a sua marca.

Agora, você vai dar uma de são longuinho e vai dar três “salvinhos”, haha. O primeiro salvar é para salvar o arquivo como ele ficou.

No segundo, vá em Arquivo > salvar como >  imagem png.

Aparecerá uma caixa de opções, clique na opção apenas este slide.

No terceiro salvinho, você vai em arquivo > salvar como > pdf.

Finalizado! Mas, pra que fazer os três salvinhos?

  1. Para ter a sua marca salva [a] no programa original que criou;
  2. Para ter uma imagem com fundo transparente, para poder usar onde quiser, online;
  3. Para ter um arquivo que você pode mandar para alguma empresa que precise imprimir a sua marca e/ou usá-la em outros materiais.

Mas não é só copiar e colar que ela vai funcionar?

Nanana. Lembra que você instalou uma fonte pra criar sua marca? Não é garantido que todas as pessoas tenham ela. Por isso é importante enviar a versão em .png e em .pdf.

  • Quem tiver a versão em .png conseguirá trabalhar em arquivos para mídias sociais / materiais digitais;
  • Quem tiver a versão em .pdf conseguirá usar também para criar impressos, e terá a marca com mais opções de uso.

Salve numa pasta só os 3 arquivos + o arquivo das fontes, pra você nunca perder.

 

E se for de Google Slides?

Acesse https://docs.google.com/presentation/u/0/.

Clique em Iniciar uma nova apresentação.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Em seguida, clique em Layout, para mudar o design da apresentação, e mude para a opção “cabeçalho de seção”.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Agora, clique na caixa de texto, para trocar a fonte da sua marca.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Em seguida, clique na lista de fontes, e no primeiro botão da lista, “mais fontes”.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Procure pela mesma fonte que você baixou para o seu computador. Lembrando que, no nosso exemplo é a Raleway.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Agora, selecione a fonte e clique em ok.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Edite a marca como preferir, e faça as personalizações que achar mais interessantes.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Para mudar a cor, clique no botão que tem uma letra A. Em seguida, clique em “personalizado”.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Agora, é só copiar aquele código de cor que você separou, e clicar em ok.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Prontinho! Clique no nome da apresentação para salvar com o nome que desejar.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Em seguida, clique no menu arquivo > salvar como.

E salve como pdf…

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

… como imagem .png…

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

… e como arquivo do powerpoint.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Vai estar tudo na pasta que você selecionou.

Feito é melhor que perfeito, parabéns!

Esta é a forma não profissional mais profissional de ter um design para a sua marca. Já é um começo, afinal, feito é melhor que perfeito.

Marcas – como pessoas – são importantes para simbolizar uma promessa, uma proposta, a sua verdade, a verdade que você quer expor e “deixar no/pro mundo”.

 

E, como pessoas, marcas são mais que um logotipo ou símbolo bonitinhos.

 

É a somatória de todas as expressões que cria e como isso impacta [n]as pessoas que optam por conviver e consumi-las.

As melhores marcas que conheço ficam próximas de realizar sonhos. Daqueles como os meus quando era [muito] muleque.

Dos mesmos que consigo ajudar a realizar para os clientes dos meus clientes, ao trabalhar desde 2008 com isso e tudo o mais que comunica.

Fique à vontade para tirar quaisquer dúvidas que este tutorial não tenha coberto.

E se você precisa de algo mais robusto e profissional, é só conversar comigo, por aqui.